Archive for the 'Venâncio Aires' Category

Beleza natural: Chuveirão

chuveirao

Do Facebook do Rui Borgmann: “Uma das belezas naturais do nosso município. O interior de Venâncio Aires é um dos mais lindos do Estado, pode ter certeza. Cascata do Chuveirão, em Harmonia da Costa.”

Imagens da abertura da Fenachim

Hotel Schmidt na Zero Hora

Digitalizar0002

Clique na imagem para ampliar.

 

Vista áerea do centro de Venâncio em décadas passadas

igreja

Do tempo que não tinha a Avenida Ruperti Filho, veja no canto superior da foto. As ruas do centro eram tranqüilas. Ainda não tinha o Ginásio da Arca, o prédio da Unimed, o prédio do seu Ali e tantos outros. Olhando atentamente, quantas mudanças nestas últimas décadas.

Coleção de bombas de chimarrão resgata história e curiosidades do hábito gaúcho

colecao

Uma coleção de bombas de chimarrão é atração do espaço Chimarródromo da 11ª Fenachim, em Venâncio Aires. Com 97 peças históricas, de diferentes países e matérias-primas, o casal Derli e Irene Weber exibe com orgulho as relíquias adquiridas em 27 anos de coleção. Destaques para a cuia e bomba de porcelana do tempo do Império, bomba feita de mola, bomba que não permite entupimento do chimarrão, bomba 100% desmontável e bomba talhada em madeira com figuras indígenas. Dona Irene Weber revela que a paixão pelos objetos surgiu por acaso, quando em uma viagem ao Paraguai encontrou uma bomba de aspecto muito diferente daquelas comercializadas no Brasil e resolveu comprá-la. “De lá pra cá, em todo o lugar que eu vou procuro por bombas de chimarrão. Tenho bombas exclusivas, que surpreendem as pessoas”, conta ela orgulhosa. A coleção de dona Irene e seu Derli foi descoberta há pouco mais de dois anos, e, desde então, o casal de venâncio-airenses é convidado a expor os objetos em feiras de todo o Estado. São peças com valor incalculável, algumas esculpidas em ouro e prata, outras de valor simbólico. O casal acredita ser a maior coleção de bombas de chimarrão do Estado e, por isso, não desgruda dos objetos durante a Fenachim. Os dois fazem questão de apresentar pessoalmente cada peça aos visitantes e ressaltar que nada em seu espaço de exposição está à venda. “Colocamos cartazes que são peças de coleção, mas algumas pessoas não chegam aqui por que acham que estamos vendendo bombas” explica seu Derli. A coleção está exposta junto ao Chimarródromo, em frente à Escola do Chimarrão.

Fonte: Daiana Nervo e Álvaro Pegoraro

www.fenachim.com.br

Escola do Chimarrão na 11ª Fenachim

escola

A Escola do Chimarrão é ponto de parada obrigatória na 11ª Fenachim, que acontece até o dia 11 de maio, no Parque Municipal do Chimarrão, em Venâncio Aires. Localizada junto ao espaço Chimarródromo, além de ensinar a fazer a bebida típica dos gaúchos de 36 maneiras diferentes, a Escola convida os visitantes da Festa a retornarem a sala de aula. Em palestras com duração de aproximadamente 20 minutos, são ensinados os processos evolutivos da erva-mate, aspectos sociais da bebida e as propriedades medicinais que, segundo professores do local, farão do chimarrão a bebida do futuro.
Com 26 lugares reservados para alunos de todas as idades, as aulas da Escola do Chimarrão acontecem por agendamento ou conforme interesse do público visitante. Apoiados em audiovisual e vídeos, os professores garantem modificar a visão dos alunos que assistem a essa aula. “Mostramos que a importância de tomar chimarrão não está apenas na manutenção das tradições, mas principalmente nas propriedades medicinais que essa bebida apresenta”, destaca o presidente do Instituto Escola do Chimarrão, Pedro Schwengber. Com o tema “Chimarrão: um novo conceito”, a palestra já foi assistida por mais de 500 mil pessoas, de sete estados brasileiros, em dois anos de trabalhos da Escola.
Pedro Schwengber declara-se um apaixonado pelo chimarrão e faz do trabalho de divulgação da bebida a sua vida. Percorrendo o país com o ônibus da Escola do Chimarrão, ele garante ter provas suficientes da importância da bebida para manutenção da saúde. Schwengber destaca estudos oriundos da França, Inglaterra e Brasil, que apontam a erva-mate como agente estimulante da atividade física e mental, regulador das funções do coração e respiração, além de exercer importante papel na regeneração celular. “Não há planta no mundo que se iguale em valores nutricionais. Levando a nossa Escola, criada aqui em Venâncio Aires, para todos os lugares, vamos difundir essa idéia, valorizar a nossa bebida e resgatar o orgulho por um hábito genuinamente gaúcho”, finaliza o professor.

Fonte: Daiana Nervo e Álvaro Pegoraro
www.fenachim.com.br

Doutor Oly!

28

Este é diferenciado. Grande pessoa!

Ok Prefeito!

24

Não é só chimarrão em Venâncio Aires

soberanas1

Tem muita mulher bonita também em Venâncio Aires. Quem visitar nossa cidade durante a 11ª Fenachim, com certeza, vai se encantar com a beleza da Rainha e Princesas.

Rainha Ângela Bencke, Princesas Fernanda Landim e Tamara Wermuth esbanjam beleza e simpatia por onde passam e com naturalidade divulgam nosso maior evento que será realizado de 1º a 11 de maio.