5 comentários em “Nos tempos da Discotheque UM”

  1. Tempo bom, foto espetacular, lembrei de muitas viagens por municipios vizinhos : Candelária, Rio Pardo, Santa Cruz, Encuzilhada do Sul, Taquari.

  2. Esta foto foi da inauguração. Foi o inicio da DISCOTHEQUE “UM”. O Jonas é um companheiro inesquecivel. Amigo para sempre. O Néco que Deus o tenha, tb grande amigo. Foi uma época muito bacada. Passavamos trabalho, mas era muito bom. Valeu meu irmão Elton, me ajudou muito. Como é bom lembrar as coisas boas da vida.

  3. Graaande Discotheque Um!!
    Aventura sonora que deu certo.
    O martírio dos amplificadores Quasar, dos alto-falantes e tweeters Selenium estourando nas horas mais improváveis.
    Os Gradiente A1 e os Polyvox PM5000 tratados como jóias.
    Airton e Neco aprendendo…
    Viagens a Porto Alegre a bordo do Maverickão branco para comprar discos…
    Caco Storck… Jorge Schmaedecke…
    Os filmezinhos do Chaplin na parede branca do Clube…
    Quantos namoros começaram ao som da Discotheque Um?
    Quantos de nós nos pegamos às vezes com o olhar perdido, lembrando de tempos que não voltam mais, ou assobiando aquela música que tocava naquelas festas?
    Muito bom…
    Lula Mello
    PS: Airton… tenho quase todas as músicas daquela época no computador… mais de 10 mil músicas!!

  4. Que bela imagem essa daí…
    Dizaí Airton, colocar as caixas de som bem próximo da parede para não dar eco, coisas da acústica do Clube, mas sempre se dava um jeitinho e a festa rolava até o dia raiar.
    Parabéns ao “Pererecão” que nunca deixou o espírito da Era Disco morrer, e prova disso é a comemoração dos 30 Anos da Discotheque Um, em plena forma.
    Já fui provocado pelo Elton a colocar alguma coisa do Pedregulho Disco Dance, mas infelizmente, somente em fotos do Brotinho, que estou tentando selecionar, para mostrar alguma coisa da época. Parece que o Tchutcho tem um convite que distribuimos para o Baile do Pedregulho que foi aí no Clube também. Mas o nosso chão era outro, a Sovinha e seu exigente público, que queria lançamento a cada nova boate dava trabalho.
    Mas voltando a “DISCOTHEQUE UM”, lembro de um cartaz que vocês usavam, que tinha um cowboy e seus revólveres fazendo o convite “I Want You”. Você não tem um guardado para publicar aqui no Blog? Seria bem interessante rever aquela arte.
    Mas o que gostava mesmo, eram das boates no Hall de Entrada do Clube (Sociedade de Leituras)…
    Luz negra, stroboscópica, sequencial, canhões…
    E o comando do som podia ser na sala de reuniões (início), bem como na sala do bolão, abrindo as janelas para a pista. Acho que era um dos melhores lugar para discotecar.
    Lembro que numa noite dessas, ums loko iniciaram uma briga neste local. Logo a turma de choque levou os brigões prá fora e a festa continuou. O mais engraçado foi que as guris foram, quase todas, para a escada que dava acesso ao salão, que ficava ao lado bar, não cabia mais uma mosca. Adivinhem quem estava lá no meio??? O nosso amigo Kadinho, o moita. Disse que era contra esse tipo de violência, he,he,he…
    Que Maravilha!!!
    Mano Veio, só prá constar, também tenho todas essas músicas em cd, mp3, e só pro Lula ficar “ganoso”… tenho muitas delas em vinil também, e que ainda rodam, vez e outra, entre uma reunião de amigos ou nos churrascos do domingo no meu toca-discos Gradiente.
    Esperamos ser coinvidados para a festa. Ou melhor, para aquele momento antes da festa, a montagem e passagem do som, os testes, as conversas, as coca-colas…
    Este momento sempre foi melhor do que a festa toda, você não acha?
    Um grande abraço!
    Mano Mylius

  5. Pois é grande Elton , como falar de DISCOTHEQUE UM e não lembra tudo isso , sem sombra de dúvidas foi dai que surgiu muitas outras equipes de som mecanico na nossa venon city , e lembrando tb do grande CHULÉ , foi a minha primeira equipe de som , e sempre nos tratavamos como uma familia , grandes festa grandes eventos , como não falar na unica danceteria ( PALLADIUM )do grande Airto e do Chulé que fes um enorme sucesso com a sonorizações da Discotheque um , Lembranças a muito esquecidas ou por muitos como eu lembradas , e que hoje ainda surge e como sempre falo DEIXE A MUSICA PENETRAR SUA ALMA E SEU CORPO FAZENDO ASSIM VIBRAR SEUS PÉS COM UM VIRÚS SEM CURA CHAMADO MUSICA! A Discothe Um ainda existe e ainda anima muitas festas em toda região. ! Vlw grande abraço e fiquem com DEUS”

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.