5 comentários em “Nos tempos do Operário de Santa Emília”

  1. Todos os domingos pela manhã, o Zangão (carlinhos pilz), vinha de Santa Emilia para V.Aires, buscar estes atletas(?) para jogar em Santa Emilia com seu FUCA 1.200. E nós faceiros da vida passavamos o domingo lá. Este dia foi quando inauguramos o novo fardamento. Naquele tempo goleiro não usava luva. As chuteiras, cada um tinha que levar a sua. Ninguem cobrava nada.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.