7 thoughts on “Point nos anos setenta

  1. Nubyo Turelli

    Neco. Lembrar do Cabo Amaral!!!!!! Ele até que era legal, mas muitooooo C. de FERRO. Fugi dele algumas vezes, dirigindo o fusquinha do meu cunhado, só porque não tinha Carteira de Motorista. ” Faça o que eu digo mas não faça o que eu faço.”

  2. Jandir Olavo Godoy

    Que preciosidade! Convivi com todos e muito ficavamos até na madruga nos bancos da praça. Saudoso Buião, um ser especial. Obrigado Ivo. Abraços!

  3. Nudo

    Se a foto for de 1970, aquele de óculos não pode ser o saudodo amigo Adroaldo Klein, que faleceu no carnaval(quarta-feira de cinzas) de 1969.

  4. Airton Etges

    Já dormi neste banco banco da praça, vinha ali todos os dias pela manhã, na hora do recreio para ver as alunas do Aparecida, e hoje tb minha esposa Lizi. O julinho Sperb sabe disso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.