4 thoughts on “Encadernando a Folha

  1. Mano Mylius

    Tem tudo para ser lá no segundo piso do prédio `novo`do Astor José Reckziegel, que era em frente a Oficina do Tio Aldo Costa, quando era na 13 de Maio.
    Daí o nome `Editora 13 de Maio`… Dhããã!!!
    Hoje esta situada na Avenida Rupperti Filho, a meia quadra da original.

  2. Gilney

    Bons tempos… Hoje é proibido ter responsabilidades… Criam as regras e as leis e depois empurram para os colégios e pobres do professores para resolver a rebeldia dessa juventude sem perspectivas… Ali ” dobrando” jornal, começou a vida de muita gente boa que conheço e, o mais importante, GRANDES AMIZADES!!!
    Abraço !

  3. Rubiney Lenz

    Quantas madrugadas passamos encadernando jornal e quantas amizades foram criadas e lembranças que nunca mais esqueceremos. Camaradagem, sacanagem e saudades como do amigo Daicir que nos deixou muito cedo.
    Jonas. Te lembra quem era a ovelinha da mamãe?

  4. Jonas

    tudo verdade, só não sei por que OVELINNHA (será o cabelo).
    Abraço a todos e ao nosso blogueiro sempre relembrando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.