12 thoughts on “‘Tchurma’ e o Opala azul

  1. Mano Mylius

    Ahhh, o opalão da Tia Merça…
    Se este falasse, nossa, quanta história teria para contar.
    Só o que eu e o Joãozinho fizemos, por aqui e lá na praia daria prá encher um livro.

    Só uma histórinha, bem rapidinho:

    Lembro uma vez quando, após irmos na StereoMoto e depois passarmos na Confeitaria Liamar e pegar uns sonhos quentinhos, atolamos na areia da beira da praia lá em Atlântida. A nossa sorte foi encontramos o Ninho e o Zé Cebola prá dar uma força, senão estaríamos viajando por lá até hoje, he,he,he…

    Mas a alegria e o prazer de poder estar de carro a beira-mar, vendo o sol nascer e ouvindo a Rádio Mundial – 860 AM, do Rio de Janeiro, isso é coisa que não tem preço.

    E sobre a moçada aí de cima, Leti, Ney, Cacilda e Beka, estão como o Opalão da Tia Merça, parece que não envelheceram.

    Um grande abraço a todos.

    Mano Mylius

  2. Lito Müller

    O rubiney é uma figuraça, me chama de liro liro, passamos uma ótima tarde juntos em Fortaleza-Ceará, lembra nei, abraço, Lito

  3. Lito Müller

    Maninho, beleza, bah o Ninho, era brigão,mas era um parceirão, não deixava os camaradas não mão, o Zé Cebola tbém é uma figura, faz tempo que não vejo.

    Abraço, Lito

  4. Zilda

    Maninho, esta é a turma da “Cabocla”, novela das seis dos anos mil novecentos e já me esqueço… Costumávamos assistir essa novela, aqui em casa, até que um dia, o casal da foto (Ney e Leti), resolveu assumir o seu romance…, assim como Fábio Jr. e Glória Pires, protagonistas da novela em questão… O romance deu em casamento que dura até os nossos dias… Que bom!!! Amor de verdade!!! Fico feliz que tenha começado aqui em casa… Assim como o namoro da Vera e do Getúlio… que começou aqui… e dura até hoje… Acho que minha casa é abençoada!!! Abraços!!!

  5. Edu - Curitiba

    Fala prima Zilda,

    só para registrar que a minha história com a Silvana também começou na tua casa e também dura até hoje, mas ainda não perdi os cabelos como o Ney, acho que a Leti incomoda mais (rsrsrs) …

    Saudades do “Tudo bem tia Maria” e do “Parente”

    Grande abraço,

  6. 192.168.l.l

    nossa, aproveito o blog para falar da Stereomoto. Estive em capão nos anos 1985, 1987, 1988 e 1989. Lembro com muitas saudades da stereomoto e principalmente do miguel.
    Anonima da BSB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.