A antiga Casa de Força

CASA DE FORCA

Olá, Elton!

Tenho visitado (e apreciado) teu Blog.

A foto (raridade) é da esquina da Jacob Becker com a Júlio de Castilhos em 1930. O prédio da esquina era do Major Hermes Pereira e ainda existe, com algumas alterações. Segundo a D. Odila Bülow (87 anos), o prédio escuro, no meio à esquerda, era a Casa de Força que gerava a energia para a cidade. Funcionava até as 22 Hs. Ao fundo, nota-se a mata ciliar marcando o trajeto da Sanga do Cambará, que hoje está canalizada e passa ao lado do Guarani. Atrás da Sanga, as coxilhas onde hoje é o Bairro Aviação.

Tenho a foto original, se alguém se interessar…

Um abraço e parabéns pelo sucesso do Blog

Claiton Wittke

4 comentários em “A antiga Casa de Força”

  1. Bah, muito boa! Essa foto me fez lembrar de um livro grande, com capa de couro, um anuário ou almanaque dos municípios do RS, muito antigo, levando em conta a nossa noção de antiguidade. Esse exemplar foi o Mauricio Lucas que conseguiu, se não me engano e nele haviam muitas fotos de Venâncio e região. Fotos impressionantemente nítidas, registros “atuais” daquela época. Dentre muitas, lembro que tinha uma de uma usina de força também e da “floresta” que os desbravadores enconteraram na região.
    Seria muito legal rever essas que vão bem aquém do meu tempo.

  2. Muito boa esta foto. Ainda mais interessante para mim que estou juntando material do “antes” e “depois” da ocupação do território e como era o “ambiente natural” de Venâncio.
    Pelos relatos, mato (floresta) só do outro lado do Castelhano. Do lado sul somente existia campo com algum bosque e matas nas baixadas ladeando sangas e arroios.
    Abraços,
    Wilson Junior W.

  3. Putz…muito boa! Muito legal. Que coisa este progresso desvairado e inevitável…olhem só a pureza e a beleza das edificações. Olhem o “campo” praticamente dentro da cidade…bah, linda demais esta foto. Se alguém tiver mais do gênero traga aqui pro blog prá gente apreciar.

  4. Que foto hein?! Poucas pessoas ainda podem dizer que viram essa imagem ao vivo… Legal mesmo poder conhecer a nossa cidade muitos anos antes da nossa existência!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.