Seu Gastão

gas

Não sei o ano da foto. Apenas olhando-a vejo que o prefeito era o Glauco Scherer. Devia ser uma uma reunião de secretariado.

Meu destaque no blog fica por conta daquele bem apessoado no alto da foto à esquerda.  Homem de fala mansa e inteligente. Bem articulado, gremista e bom coração. Seu Gastão Guedes.

Publicado no antigo blog em 18 de maio de 2008.

COMENTÁRIOS NA ÉPOCA:

Paulo Guedes: De fato, ele foi tudo isso. E ainda teve a grandeza de, nos anos finais da vida, dar a volta por cima em relação a uma enorme frustração – a falência da Venax, onde ele viveu toda a vida profissional. Ao contrário do que se poderia esperar, deu a volta por cima e se tornou um fraseador, um pensador e um grande amigo para todos os que puderam conviver com ele no dia a dia. Até hoje, aos domingos, me vejo ansioso pela oportunidade de conversar com ele, nos telefonemas semanais que tínhamos. Mas sei que ele, onde estiver, está comigo e com toda a nossa família.
Obrigado, Elton, pela homenagem…

Tuta: Elton, parabéns pela iniciativa de trazer à lembrança dos teus leitores figuras ímpares que são bases da nossa sociedade.
Um abraço também ao Zuca, por onde anda?

Marco Doesse: Bela lembrança Elton, fui conhecer o Seu Gastão na prefeitura quando passei por lá na primeira vez, o Almedo era o prefeito. Foi o suficiente para ver como ele era muito querido, muita gente ia até o setor de compras para uma prosa com o Gastão. Pessoas assim tornam-se imortais! Continue prestando essas justas e merecidas homenagens.

Gilney Mylius: Bah, meu!! Cheguei a ficar engasgado… Acho que quando aprendi a engatinhar já vivia na casa do Zuca ( da Profa. Lidia e do SEU GASTÃO ) na Visconde do Rio Branco, pertinho do Monte das Tabocas e que tinha um gramado em frente a casa; onde, com certeza, éramos melhores que os Ronaldinhos ( de conduta nem se fala ). Lembro-me que na 1ª série o Zuca teve o chamado Crupe ( infecção grave e altamente contagiosa na época ) e teve que ficar em casa. Ninguém conseguiu me impedir de ir lá todos os dias… já tinha o corpo fechado desde a infância e o coleguismo como bandeira que levo até hoje. Parabéns, Elton e obrigado por todo esse resgate e homenagens. A gente acaba entendendo porquê o Zuca foi o maior gênio já cunhado por essas plagas ( a fruta nunca cai longe do pé ). Abraço…

Milton Ávilla: Elton, parabéns e obrigado, por trazer a tona lembranças destas pessoas que fazem parte de nossa história, eu estava nesta primeira série aí e lembro demais de tudo isso. Um abraço a todos e continuaremos aguardando todos os dias mais e mais recordações. Um grande abraço, vou ver o que eu tenho de material e te mando.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.